Publicado por: Lia Marchi para Arquivo das Danças do Alentejo | 14/09/2010

É já ali…

É já ali…

Neste fim de semana, enquanto Castro Verde assistia ao Festival Planície Mediterrânica, o projeto Arquivo das danças do Alentejo esteve em diversas localidades do Concelho em uma verdadeira maratona de gravações. Casével, Sete, São Marcos da Atabueira, Castro…

Os registros farão parte de uma série de links indicados no Caderno de danças do Alentejo Vol. 01 que será editado ainda este ano.

Desde o início desta iniciativa as gravações das danças em áudio e vídeo permearam as conversas e o planejamento da pesquisa.

Realizar o registro com dançadores locais foi sempre uma questão de base para nós. Questão que na prática revelou-se complexa. Tanto no que diz respeito à logística, quanto ao que diz respeito a encontrar e reunir um grupo de dançadores.

Nestes dias, tivemos a oportunidade de realizar gravações em condições variadas. Do grupo “As Papoilas do Corvo”, que já tem quase dez anos e é formado por senhoras da aldeia que reviveram o baile da sua juventude a jovens locais, alentejanos emigrados e dançadores da onda dos bailes trad dos dias atuais, entraram todos para as danças do Alentejo.

A mim, agradaram-me muito as gravações. Olho para estes registros e sinto um ar de naturalidade, de integração, percebo que as danças que gravamos estão nos corpos das pessoas que vieram dançar para nós. Percebo a diferença entre uns e outros.

Talvez a maioria das pessoas não chegue a assistir (pelo menos por agora) os ensaios, as conversas de bastidores, o re-ensinar/re-aprender de uns com os outros que estão também nos nossos arquivos e que revelam o processo de dançar em conjunto das danças tradicionais e populares.

No final destes longos dias de empreita saio de Castro com a sensação de que as nossas gravações mostram gente a dançar para gente que vai dançar. Percebo nelas a capacidade de alguém em um país distante ver uma dança portuguesa e levar para a escola como uma atividade cultural.

Um dos rapazes que dançou conosco e que é músico gravou também e disse logo: “Vou roubar essa música pra tocar nos bailes, tá bem?” Está bem! Que bem…

Perceber que as nossas gravações talvez possam ser pontes para que mais e mais gente toque e dance o repertório dos bailes cantados do Alentejo é uma alegria. Contamos com isso.

Agradecemos aos nossos dançadores destes dias que tornaram possível esta etapa do trabalho: Ana Valadas e António Manuel Torres Guerreiro, Maria Luisa Gouveia, Vitor Manuel Cordeiro, Dora Alexandra Algarvio, Milena Luisa Martins e as Papoilas: Hermínia Horta, Amerildes Maria Francisca, Maria Luisa Afonso, Maria Vitória Felizberto, Bárbara Maria, Maria Barbara Cavaco Faustino, Ilda Maria Constantino, Maria Adelina Santos.

Um agradecimento mais que especial ao Pedro Mestre. Já não sei se devo chamá-lo tocador, construtor, dançador, professor. Prefiro dizer que a presença do Pedro, como incentivador e pesquisador da cultura local, a meu ver, cria possibilidades para que um imenso repertório, não só de músicas, mas também de saberes, ganhe décadas de vitalidade pela frente.

Obrigada a todos que participaram e Melides que nos aguarde – estamos chegando!

Dança de roda com as Papoilas do Corvo e amigos. Setembro de 2010, Aldeia do Corvo. Foto: Lia Marchi / ADA

Os dançadores. Setembro de 2010. Aldeia do Corvo. Foto: Lia Marchi / ADA

Anúncios

Responses

  1. Eu é que agradeço por me terem deixado dançar!:)
    Beijinhos a todos!
    Dora

  2. Olá Lia, foi com enorme que no passado fim de semana participei neste seu trabalho de recolha. Para mim foi uma experiência muito enriquecedora, não só a nivel pessoal, como profissional. Estarei sempre disponivel para aquilo que precisar. Afinal a cultura não tem fronteiras…

    Bjs, Bom Trabalho.

    Até Breve

  3. Lia: isso é que é trabalhar, sobretudo no alentejo aqui perto. desejo-te uma boa empreita por melides.
    abraço do helder raimundo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: