Equipe

Domingos Morais

Coordenação

Coordenação

É Professor na Escola Superior de Teatro e Cinema (desde 2001) e Membro do IELT (Instituto de Estudos de Literatura Tradicional) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa (desde 2006).

Consultor da Fundação Calouste Gulbenkian para Projectos de desenvolvimento curricular (de 1990 a 2000), foi Assessor do Serviço de Animação, Criação Artística e Educação pela Arte, ACARTE (1991 a 1999). Investigador convidado do Museu de Etnologia de Lisboa (Centro de Estudos de Antropologia Cultural e Social do IICT e Serviço de Educação) (1982 a 1992), Consultor da Westdeutscher Rundfunk Kolnn (1985 e 1987), Membro do Conselho Consultivo do Instituto Português do Património Cultural (1985 a 1990), da Comissão Instaladora do Museu da Música Regional Portuguesa (1987 a 1990), da Linha de Acção de Recolha e Estudo de Literatura Popular Portuguesa do INIC (1987 a 1991), Professor na Escola Superior de Educação pela Arte (1975 a 1982). Sócio fundador da Associação Portuguesa de Musicoterapia (1996), do Centro de Estudos João dos Santos (1992), da Associação Portuguesa de Animadores Culturais (1976) e da Associação Portuguesa de Educação Musical (1973). Autor de livros, artigos, programas e filmes sobre educação artística, etnomusicologia e desenvolvimento curricular e de música para cinema, teatro e televisão.

Lia Marchi

Coordenação

CoordenaçãoÉ criadora e coordenadora do projecto Tocadores, iniciativa de documentação e divulgação de tradições musicais populares. É co-autora do livro Tocadores – homem, terra, música e cordas e co-directora dos documentários Tocadores – Brasil Central e Tocadores – Litoral Sul. Desenvolveu os textos e concebeu a exposição de fotos Tocadores na escola.

Fundadora da “Olaria Projetos de Arte e Educação” onde actua como directora artística coordenando a realização de diversos projectos.

Em 2005 e 2006 realizou pesquisa de campo em Portugal sobre as tradições musicais lusas que chegaram ao Brasil como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. É autora do livro Tocadores Portugal – Brasil: sons em movimento resultado de suas pesquisas sobre o tema.

No âmbito do projecto Tocadores desenvolve pesquisa de campo sobre tradições musicais populares no Brasil e em Portugal desde 1998. Nos últimos dois anos lançou os documentários Divino – folia, festa, tradição e fé no litoral do Paraná e Dias de Reis – a história de uma companhia de Reis de Curitiba.

Celina Piedade

Assistente de campo

É musicista. Acordeonista, cantora, formadora, e compositora. Actuou em mais de 40 edições discográficas e participa de diversos projectos musicais destacando-se os trabalhos com Rodrigo Leão, Uxu Kalhus, Grupo de Violas Campaniças, Homens da Luta, e Mayra Andrade.

É colaboradora da Associação Pé de Xumbo desde 1998, e actual Presidente da Direcção da Associação.   

Licenciada em História, ramo Património Cultural, com estudos extra-curriculares na área de Música (História da Música e Etnomusicologia), pela Universidade de Évora. Pós graduou-se em Estudos de Música Popular na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

 Sophie Coquelin

Produção

É integrante da Associação PédeXumbo desde Fevereiro de 2008 onde atua como produtora de projectos e festivais como: Festival Arraiais do Mundo, Festival Andanças, Projecto “Uma abordagem norte-sul contemporânea à dança tradicional” em parceria com criadores do Marrocos e Turquia, concepção do site www.nsdance.com , entre outros.

Estudou etnomusicologia na Universidade Paris X Nanterre (2003-2006). Trabalhou durante três meses em pesquisa de campo sobre o repertório instrumental do cordofone “komuz” no Quirguistão (2005) e realizou estágio nos arquivos do Centro de Documentação da Maison des Cultures du Monde (2005).

Participou como integrante do Serviço do Voluntariado Europeu (Dezembro de 2006 a Setembro de 2007) em iniciativas de registos de músicas e danças tradicionais no Alentejo e no Algarve.

Anúncios
%d bloggers like this: